segunda-feira, 28 de maio de 2018

A separação do Estado da Igreja Católica na Irlanda

«Referendo histórico liberaliza 

o aborto na Irlanda

Duas sondagens situam o apoio à mudança da Constituição nos 68% e 69%,
num referendo muito participado. Campanha pelo "não" já assumiu derrota.

 Os irlandeses votaram de forma esmagadora a favor da legalização do aborto, de acordo com as projecções reveladas após o fecho das urnas. Os votos ainda estão a ser contados, mas restam muito poucas dúvidas.
O resultado representa o culminar de uma "revolução silenciosa que ocorreu nas últimas décadas" num país que tinha um dos regimes mais restritivos para a interrupção da gravidez, afirmou o primeiro-ministro Leo Varadkar, que esteve na linha da frente no apoio à liberalização.»

[In Público pt]

No livro «Por que não sou cristão» Why I Am Not A Christian and Other Essays on Religion and Related Subjects») o aristocrata filósofo  galês Bertrand Russell (1872 - 1970) arrasa todo o cristianismo.

Esse livro está proibido em Portugal pelo lóbi católico. A nova Inquisição católica em Portugal, em 2018, tem pouco poder, mas tem ainda poder suficiente para proibir a reedição do livro «Por que não sou cristão» escrito por um prémio Nobel da Literatura (1950).

Sem comentários:

Enviar um comentário