terça-feira, 1 de maio de 2018

A Morte de Estaline ou a Guerra Fria no cinema



Estive a consultar o «Livro Negro do Comunismo», um livro escrito por uma seita religiosa de extrema-direita.
Os elementos dessa seita religiosa são estúpidos e falsos. Adoram deuses falsos. Os conceitos estrutura e classe social são proibidos nessa seita religiosa. É uma seita que milita pela verdade mentindo. Também militam pela inteligência mostrando a sua estupidez.
Em nenhum sítio do livro explicam o que é o comunismo, logo deduzo que não sabem o que é.
A leitura desse livro não ajuda a perceber o que foi o comunismo, porque os autores do livro não sabem o que é.
Conclusão: nada nesse livro me ajuda a perceber o golpe de Estado que ocorreu na União Soviética, após a morte de Estaline.
Isto vem a propósito do filme «A Morte de Estaline». É também um filme feito por pessoas pouco dotadas intelectualmente, porque é uma obra de ficção com personagens reais caricaturadas pela estupidez militante do argumentista e do realizador. Este filme é uma falcatrua militante.
A propaganda militar dos defensores da democracia falsa que a defenderam com acções  de extermínio de mulheres e crianças no Vietname, que a defenderam colocando no poder Pinochet e Videla continua no cinema.

Sem comentários:

Enviar um comentário