quinta-feira, 1 de março de 2018

Bloco de Esquerda versus PCP – a Revolução de Outubro de 1917



Em DVD e em Blu-ray Disc há o filme Dr. Jivago, de David Lean, que mostra a Revolução de Outubro de 1917 na perspectiva dos privilegiados da ditadura czarista.
Baseia-se no livro de Boris Pasternak, prémio Nobel da Literatura em 1958. Não vou discutir o valor estético desta obra de Pasternak. Em 1990 no penúltimo ano da União Soviética foi dedicado um selo postal a Boris Pasternak pelo regime comunista.

Boris Pasternak odiava os comunistas assim como David Lean.
O filme de David Lean, esteticamente bem conseguido, é mais um filme contra a Revolução de Outubro de 1917.
No entanto, mostra que a Revolução de Outubro de 1917 foi uma revolução social, porque foi mesmo uma revolução social ainda mais profunda que a Revolução Francesa de 1789.
David Lean inicia o filme com o narrador a dizer que os comunistas eram antropófagos, diz explicitamente que comiam carne humana. É o personagem Yevgraf, oficial do KGB, quem o diz.
No entanto, o filme que evidencia um carácter reaccionário, mostra também a revolução social contra os privilegiados do czarismo. É, essencialmente este aspecto, que torna o filme interessante. A acção do filme não segue os cânones do conservadorismo tradicional, porque se baseia em dois amores adúlteros. É particularmente duro na crítica ao estalinismo.
Actualmente quem critica a Revolução Russa de 1917 omite o carácter social dessa revolução.
Ora o Bloco de Esquerda não simpatiza com a Revolução de Outubro de 1917, enquanto que o PCP a valoriza muitíssimo.


Sem comentários:

Enviar um comentário