quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Uma jornalista de um jornal português descobriu em 2018 que morre gente na guerra.


Guerra significa matar e destruir.
Nas guerras mata-se, nas guerras destrói-se.
A responsabilidade das guerras pertence a quem as começa.
Geralmente o jornalismo de propaganda de guerra, considera que aqueles de quem os jornalistas não gostam matam e destroem nas guerras.

Os ditos «bons» fazem boas guerras, não matam, apenas provocam o falecimento de pessoas. As destruições dos «bons» são para dinamizar as empresas da construção civil.

Sem comentários:

Enviar um comentário