quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Mulher assassinada pela polícia na região de Lisboa


Ladrões, num Seat Léon, roubaram uma caixa multibanco em Almada, foram perseguidos pela PSP e escaparam.
A PSP assassinou uma mulher que seguia num Renault Mégane, que nada de nada tinha a ver com o Seat Léon do assalto.
Conclusão: os polícias são mais perigosos que os ladrões. Os ladrões roubam e não matam: os polícias matam.
A SIC-PSD resolveu dar tempo de Antena a duas mulheres que defenderam o assassinato de outra mulher – fica-lhes bem.
A mulher assassinada pela PSP não tem nome, não tem família, não tem filhos, ou se tem que se vão lixar.

Uma das mulheres que defenderam o assassinato de outra mulher disse que os oficiais da PSP tinham um formação muito boa – é por isso que não sabem distinguir um Seat de um Renault.

Sem comentários:

Enviar um comentário