segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Sobre Direitos Humanos o mais importante é o exemplo

«06.08.1945 – Hiroshima: os relógios pararam às 8:15



É um ritual: republico este post quase todos os anos. Ter ido a Hiroshima marcou-me para sempre.

Se eu apenas pudesse guardar duas fotografias, dos milhares que fui tirando por esse mundo fora, escolheria estas. De má qualidade, sem dúvida, mas que me recordam dois objectos expostos no Museu de Hiroshima, que nunca mais esquecerei. Numa, um relógio que parou à hora exacta em que a bomba explodiu. A outra fala por si.

Foi há 71 anos.



Parque Memorial da Paz de Hiroshima - algumas imagens:
                                           »

[In blog «Entre as brumas da memória»]

Sem comentários:

Enviar um comentário