quinta-feira, 27 de abril de 2017

O 25 de Abril e a Troika

O 25 DE ABRIL PARA OS JOVENS ACTUAIS


Para os jovens actuais o 25 de Abril é desemprego, trabalho muito mal pago, precariedade, fome e miséria.
O 25 de Abril só é importante para quem já tinha idade para pensar em 1974.

Para quem nasceu depois de 25 de Abril de 1974 comemorar o 25 de Abril é comemorar a transformação de Portugal numa colónia da Alemanha, que já ordenou que com o «Tratado Orçamental» assinado pelo actual regime (PSD + PS + CDS) Portugal está condenado a empobrecer cada vez mais, com mais desemprego, com piores salários, com mais fome, com mais miséria.
O «Tratado Orçamental» empurra a maioria dos portugueses ou para a emigração ou para a pobreza «eterna».
A greve demográfica diz o que os jovens actuais pensam do 25 de Abril, que foi uma revolução que criou um regime onde não vale a pena viver.

Se antes era pior era muito mau, mas agora  a situação também é muito má.

Sob o jugo de Passos Coelho, Paulo Portas, Cavaco, Vítor Gaspar, Maria Luís Albuquerque e do Conselho de Finanças Públicas, Portugal era governado por cipaios às ordens da selvajaria alemã, que tem por objectivo destruir a sociedade portuguesa.

O governo de António Costa, apoiado pelo Bloco de Esquerda, pelo PCP e pelos Verdes é um governo de resistência à selvajaria alemã, dentro de pouco tempo apoiada por Macron. A selvajaria alemã não tem limites, Auschwitz demonstrou-o.

Sem comentários:

Enviar um comentário