terça-feira, 28 de março de 2017

O elogio dos traidores


Os mídia dominantes na chamada União Europeia fazem muito a apologia dos traidores.
Em Portugal os traidores Passos Coelho, Paulo Portas, Vítor Gaspar e Maria Luís Albuquerque foram muito elogiados pelas patifarias que fizeram à maioria dos portugueses, obedecendo a ordens de Berlim, via Bruxelas e via Frankfurt.
 Na Rússia os chamados liberais constituíram uma associação de traidores que venderam a própria Rússia, e com tal sucesso, que no meio das ruínas da qualidade de vida da maioria da população, conseguiram a proeza de reduzir a esperança média de vida de toda a população em dez anos,  devido à neoliberal alta degradação da qualidade de vida. Os chamados liberais ou neoliberais, em todo o Mundo, são agentes e agentas do Mal.

«A oposição liberal que no domingo esteve à frente das manifestações está enfraquecida por ter dirigido o programa de privatizações, depois do fim da União Soviética, de que resultou uma gravíssima crise económica e catástrofe social, e pelo facto de ter condenado a anexação da Crimeia, território com maioria de população russa, por Moscovo.» (In jornal «i» net)

Sem comentários:

Enviar um comentário