quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Os roubos que o Estado de Israel faz na Palestina contra o Mundo tiveram uma condenação na ONU com a Administração Obama a abster-se

Os Estados Unidos, enquanto agentes do Mal, patrocinaram quase todas as selvajarias do Estado de Israel. Eu escrevi quase, nomeadamente porque porém o presidente Carter fez recuar drasticamente os israelitas, pondo fim à ideia do «Grande Israel». O presidente Obama, em fim de mandato, recusou apoiar o roubo à Palestina que são os colonatos judeus, através de uma abstenção no Conselho de Segurança da ONU. Votaram contra Israel os membros permanentes do Conselho de Segurança Rússia, China, França e Reino Unido e os Estados Unidos abstiveram-se, como vimos. Votaram contra Israel os membros não permanentes do Conselho de Segurança Espanha, Japão, Egipto, Uruguai, Angola, Ucrânia, Senegal e Nova Zelândia. A resolução aprovada, isto é, a resolução 2334 declara ilegais os colonatos judeus em territórios palestinianos ocupados, porque violam  o direito internacional.
O Estado de Israel é um Estado religioso como o Estado Islâmico e em atrocidades  é semelhante ao Estado Islâmico.

Sem comentários:

Enviar um comentário