segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O poder absoluto é absolutamente perigoso

Os neoconservadores defendiam e defendem que o Reich dos Estados Unidos deve ter um poder absoluto sobre todo o planeta, baseado nas bombas atómicas e nas bombas de hidrogénio.
Eu acho que o poder absoluto é absolutamente perigoso. É bom para a Humanidade que haja equilíbrio de forças. Assim, a Rússia e a China impedem esse poder militar imperial absoluto dos Estados Unidos.

Parte da Esquerda partilha, na prática, o ideário neoconservador, que considera  que há uma superioridade  ética e moral da civilização dos Esados Unidos, que  deve ser acompanhada de uma superioridade militar esmagadora, de um poder militar absoluto  do Reich dos Estados Unidos, do imperialismo dos Estados Unidos.
É o caso, por exemplo, da bloquista Joana Lopes do blog «Entre as brumas da memória».

«Fidel Castro tristemente imutável



São no mínimo lamentáveis os termos em que Fidel Castro se referiu à Rússia e à China (e só a estes países), com o pretexto de criticar o discurso que Obama fez recentemente no Japão.
Rússia e China (ainda) faróis do mundo? Não havia necessidade… » [In blog «Entre as brumas da memória»]

No entanto, o militante do PCP, Vítor Dias, do blog «O Tempo das Cerejas 2» tem uma opinião diferente.
Tardou mais vieram



[In blog «O Tempo das Cerejas 2»]

Sem comentários:

Enviar um comentário