domingo, 21 de agosto de 2016

A apologia do racismo pelo bloquista José Manuel Pureza - o BE não pode com os pretos

"Muitos mais pontos em comum. (José Manuel Pureza) 

«Não há passado que branqueie este presente nem miragem de futuro que justifique complacência. Uma esquerda que prescinde de ser intransigentemente crítica de poderes despóticos em nome de um passado libertador que virou opressão ou em nome de um suposto realismo das boas relações com potenciais investidores é uma esquerda que falta à sua responsabilidade essencial: ser coerente na luta contra a opressão e pela liberdade efetiva de todos.»"
[Cit in blog «Entre as brumas da memória»]

Muitos bloquistas, e as várias direcções do Bloco de Esquerda, em relação aos pretos tem uma posição muito próxima do nacional-socialismo. Assim, os pretos são considerados uns bandidos, porque são considerados uma raça inferior. Os brancos do BE, descendentes de traficantes de escravos negros ou negreiros, que fizeram bons negócios vendendo angolanos como escravos, ou de fascistas e colonialistas, consideram-se uma raça superior que deve desancar nos pretos.

Sem comentários:

Enviar um comentário