quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Jacques Sapir considera que o Euro está a destruir a União Europeia e os valores que ele pretende representar como a democracia, a liberdade e a paz.

O economista francês Jacques Sapir, nascido em 1954, salienta que a Grã-Bretanha, a Suécia, a Hungria  e a Polónia não quiseram nem querem a moeda euro e que não estão pior por isso, antes pelo contrário.
Considera que oconflito em 2015 entre as instituções europeias e o governo grego demosntra que a UE faz o contrário dos altos valores que pretende representar.

Sem comentários:

Enviar um comentário