sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

O moralismo dos que mandam os outros sofrer, empobrecer e sofrer

«Facilitadores


O ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais [Paulo Núncio do CDS-PP], vai voltar à consultoria fiscal privada no início do próximo ano. Irá reencontrar na Morais Leitão o advogado António Lobo Xavier, que convidou para presidir à Comissão da Reforma do IRC. 

 Elisabete Miranda, no Negócios, exemplifica uma faceta da nossa economia política de porta giratória que foi bem escalpelizada por Gustavo Sampaio. Atenção: por nossa não estou a pensar no “isto só neste país”. Por nossa, estou a pensar na economia política do capitalismo realmente existente em que estamos mergulhados; um capitalismo onde também a liberdade de circulação de capitais e os infernos fiscais promovidos pela integração realmente existente levam ao estado de coisas denunciado por Mariana Mortágua: quando o imoral se torna banal.» [In blog «Ladrões de Bicicletas»]

Sem comentários:

Enviar um comentário