quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Dá muito jeito fugir ao Fisco e mandar os outros sofrer com isso

"Quando o imoral se torna banal. (Mariana Mortágua) 

«A fuga ao Fisco, o "planeamento" ou "engenharia" fiscal não são excepções, são a regra na gestão diária das grandes empresas, e todos os anos significam milhares de milhões de euros de receita perdida para o Estado. São estas empresas, estes empresários, banqueiros e advogados que não hesitam um segundo em exigir mais austeridade enquanto clamam por novas descidas no IRC, cavando assim uma desigualdade - entre trabalho e capital - que ninguém parece querer encarar.»"
(Cit in blog «Entre as brumas da memória»)

Sem comentários:

Enviar um comentário