terça-feira, 17 de novembro de 2015

A direita quer assassinar a esperança de 62% dos eleitores que no dia 4 de Outubro votaram contra Passos Coelho e Paulo Portas


O antigo informador da PIDE, Aníbal Cavaco Silva, pertenceu a uma organização especializada em tortura e homicídio, mostrando a sua mesquinhez e selvajaria.

As máfias da direita, mostram o seu carácter homicida, especialmente a máfia de Bilderberg, dominante no Expresso, na SIC e na TVI, fazem de conta que no dia 4 de Outubro não houve eleições e que Passos Coelho deve continuar a governar, como se não tivesse havido eleições em 4 de Outubro, e como se não houvesse Parlamento em Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário