segunda-feira, 20 de julho de 2015

O ESTRANHO IMPÉRIO DOS VENCIDOS NA II GUERRA MUNDIAL – II


Os estados europeus aliados de Hitler na II Guerra Mundial entraram para a «União» Europeia – A Finlândia, a Letónia, a Estónia, a Lituânia, a Hungria, a Roménia, a Bulgária e a Croácia. Estes estados entraram na «União» Europeia por razões militares na «eterna» guerra da Alemanha contra a Rússia. Esta militarização da chamada «União Europeia» favoreceu muito o imperialismo alemão, que anexou parte do «espaço vital» a leste reclamado por Hitler no «Mein Kampf». O império dos Estados Unidos apoiou este avanço do imperialismo alemão, colocando estes países na NATO, excepto a Finlândia, passando a NATO de aliança defensiva para aliança ofensiva, com o objectivo do cerco à Rússia.
A Zona Euro é uma aberração militarizada, é uma zona de guerra imperial alemã. A França foi invadida pela Alemanha em 1870, na guerra franco-prussiana, que os alemães ganharam e proclamaram o II Reich em território francês vencido.
Em 1914 a Alemanha voltou a invadir a França, na I Guerra Mundial, mas foi derrotada. Em 1940 os alemães entraram em Paris na primeira fase da II Guerra Mundial, na qual sofreram uma esmagadora derrota diante da Rússia Soviética e dos Estados Unidos, com a ajuda da Inglaterra.
O imperialismo alemão do século XXI só é possível com a submissão voluntária da França, o principal inimigo da Alemanha na Europa ocidental.

O império dos vencidos na II Guerra Mundial é um império do Mal, é um império dominado pela ética da selvajaria. Todas as corjas que se submetem ao Império do Mal dizem que a submissão à Alemanha é o paraíso…!!!!!!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário