sábado, 16 de maio de 2015

O IMPÉRIO DOS VENCIDOS SÓ FOI POSSÍVEL COM A TRAIÇÃO DOS ESTADOS UNIDOS E DA FRANÇA OU O IV REICH DA ALEMANHA



O actual imperialismo alemão só foi possível, porque os Estados Unidos e a França, tradicionais inimigos do imperialismo alemão, mudaram de campo e passaram a apoiá-lo e a incentivá-lo. O actual Reich dos Estados Unidos tem muitos aspectos semelhantes ao III Reich da Alemanha, o principal é o desejo de dominar o Mundo custe o que custar e o segundo é o ódio de morte à Rússia.

O IV Reich da Alemanha e o Reich dos Estados Unidos já conquistaram a Ucrânia onde têm matado russos como Hitler fazia, considerando-os infra-humanos. O caso mais exemplar foi o massacre hitleriano realizado em Odessa pelo Reich estadunidense e pelo Reich da Alemanha, através dos seus lacaios no terreno. O Reich alemão já incluiu as repúblicas bálticas (Estónia, Letónia e Lituânia) nas suas colónias, como havia feito Hitler. Como o Reich alemão actual não tem força militar, o Reich dos Estados Unidos já colocou tropas junto à fronteira da Rússia e as colónias da Alemanha, como Portugal, já andaram com aviões comprados ao complexo militar-industrial estadunidense a fazer provocações à Rússia. Neste aspecto da submissão militar de Portugal ao Reich alemão e ao Reich estadunidense o PS é igual ao PSD e ao CDS.

A covardia de Putin e dos deputados que o apoiam tem facilitado a expansão para Leste da Alemanha, tão defendida por Hitler.

A propaganda dita ocidental nos mídia dominantes baseia-se em verdades demonstráveis e em mentiras e omissões. Uma verdade demonstrável é que em alguns países da Europa (incluindo Portugal) e em alguns Estados dos Estados Unidos há mais direitos e liberdades individuais do que noutros países. Um exemplo é o facto de o Estado se adaptar aos direitos e liberdades individuais, criando leis como as que permitem o casamento entre pessoas do mesmo sexo. No caso de Portugal foram o PS + o PCP + o Bloco de Esquerda + Os Verdes (que entraram para o Parlamento coligados com o PCP) que aprovaram a legislação, que adapta o Estado aos direitos e liberdades individuais, permitindo o casamento de pessoas do mesmo sexo. (Este facto mostra que o PCP não está alinhado com os partidos comunistas que estão no poder). Neste caso concreto, o peso asiático na cultura russa faz com que os direitos e liberdades individuais sejam menores do que nos países da União Europeia e em alguns Estados dos EUA, mais avançados (neste domínio).

Uma grande mentira é afirmarem que os aliados da União Europeia e dos Estados Unidos respeitam os direitos e liberdades individuais; têm aliados que desprezam em absoluto os direitos e liberdades individuais, como a Arábia Saudita e o Qatar, duas monarquias com ideias medievais.


Um exemplo de omissão, em questões fundamentais, é não explicarem que foram as ditaduras de Lenine e de Estaline que criaram a República da Ucrânia e que foi a ditadura de Krutchov, em 1954, que retirou a Crimeia à República da Rússia.

Outra grande omissão é não explicarem que os países da NATO praticam a tortura em larga escala.


Nos países «libertados» pelo Reich alemão e pelo Reich estadunidense, como na Ucrânia, não ficam a prevalecer os direitos e liberdades individuais. Na Ucrânia o Reich estadunidense o Reich alemão impuseram uma ditadura feroz, selvática e altamente homicida.

1 comentário:

  1. Oh José, e se não fizesse tanta mistura ? É que, às tantas, o interessante das suas divagações passa a desinteressante. Já sei, o José é neutro, não tem partido...Mas, e toma partido ??????

    João Pedro

    ResponderEliminar