sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

ANTÓNIO COSTA NÃO CRITICOU O EMPOBRECIMENTO COMO PROGRAMA DO GOVERNO PSD-CDS


António Costa, líder do Partido Socialista, disse uma frase muito infeliz quando deu a entender que Portugal está melhor, depois de ter sido arruinado pelo governo PSD-CDS. Esta apreciação significa uma perda de votos nas próximas eleições legislativas.

Alfredo Barroso, um dos fundadores do PS, abandonou o PS, desiludido com António Costa, por causa das infelizes declarações de António Costa. 

Depois da ministra das Finanças de Portugal, ostensivamente, ter apoiado mais uma vez, as políticas de empobrecimento de Portugal, impostas pelo imperialismo alemão, António Costa desiludiu, muito acentuadamente, os portugueses, empobrecidos, falidos desempregados, esfomeados e mortos por falta de assistência médica, ao dar a entender que Portugal arruinado está melhor, do que antes de estar arruinado.

Sem comentários:

Enviar um comentário