sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

OS PROFETAS DA RELIGIÃO TROIKAL-NEOLIBERAL E A PRIVATIZAÇÃO DAS GUERRAS


Os profetas da religião troikal-neoliberal defensores dos dogmas do caminho único têm andado a pregar a liberdade que eles tanto odeiam. Avisam os gregos – votai na religião troikal-neoliberal, senão estais desgraçados.
Em Portugal privatizam tudo o que dá lucro. O ataque ao Charlie Hebdo português foi nas macas dos hospitais, os mortos do ataque ao Charlie Hebdo português morreram nas macas dos hospitais, sem assistência, por ordem da Troika e dos seus lacaios internos. Política sem mortos não presta, a «assistência» da Troika a Portugal mata nas macas em hospitais, à espera, à espera da morte.
Quem discorda do «caminho único» da Troika é herege. Os defensores, políticos, jornalistas e comentadores, do «caminho único» dizem que são a favor da liberdade dos que concordam com eles, defendem a liberdade da submissão.

A guerra que atingiu o Charlie Hebdo foi uma guerra privada, esta privatização da guerra enquadra-se no dogmatismo das privatizações.

Sem comentários:

Enviar um comentário