domingo, 23 de novembro de 2014

APLICO A DÚVIDA METÓDICA A TODA A GENTE E ASSIM COLOCO ESTA QUESTÃO: OS QUE PRENDERAM JOSÉ SÓCRATES SÃO MAIS HONESTOS QUE ELE? HÁ PROVAS DESSA HONESTIDADE? QUE DEUS GREGO LHES DEU O DOM DA HONESTIDADE SEM A PROVAREM?

                                                                           

«SÁBADO, 22 DE NOVEMBRO DE 2014


Abuso de autoridade (2)

Não basta à PGR anunciar em abstrato os tipos delituais de que Sócrates é suspeito, dando pasto às mais mirabolantes, odientas e assassinas especulações, como está a suceder. É obrigatório saber-se em que tipo concreto de atuações consistem as suspeitas, a que tempo se reportam e nomeadamentese envolvem responsabilidades como governante ou não.
Num  Estado de direito, os suspeitos têm pelo menos o direito a não serem expostos a condenação e lapidação sumária em público, antes mesmo de haver acusação.

Abuso de autoridade

É evidente que num Estado de direito ninguém está acima da lei penal, incluindo ex-primeiros-ministros. Mas também todos têm direito a igual proteção da lei. Era mesmo necessário ir deter José Sócrates à saída do avião? Não era possível esperar que chegasse a casa? E era preciso avisar previamente todas as televisões e arranjar aquele "estardalhaço" no aeroporto de Lisboa?» (Vital Moreira in blog «Causa Nossa»)

1 comentário:

  1. A maior 'performance' de José Sócrates vai passar ao lado da justiça: a (quase) duplicação da dívida pública em seis anos!

    ResponderEliminar