terça-feira, 28 de outubro de 2014

OS CRIMES DOS DEPUTADOS DEMOCRATICAMENTE ELEITOS SÃO LEIS PERVERSAS PARA PREJUDICAREM OS CONSUMIDORES E BENEFICIAREM O GRANDE CAPITAL PREDADOR


Uma «dívida que nem chegava aos 300 euros. Estava prescrita há oito anos. Agora é de 1200 e tratam-me como os criminosos que ainda agora vemos ser absolvidos. No verão não "perdoaram a dívida" a uma pessoa desempregada, sabendo eles que se aproveitaram de uma fragilidade legal - tinha de ser eu a invocar a prescrição. Na altura de nada sabia.»
Foi este poder judicial que permitiu que o Belmiro  Azevedo se apoderasse da maioria das acções da Sonae, após a morte do seu patrão Pinto de Magalhães, através da extorsão à viúva mentalmente insana.

A moral da III República portuguesa é a moral do nazismo, não na teoria, mas sim na prática.

Sem comentários:

Enviar um comentário