sexta-feira, 22 de agosto de 2014

QUANDO O PROGRAMA DA UNIÃO EUROPEIA É A IMPLANTAÇÃO DO FASCISMO


A União Europeia e os Estados Unidos organizaram, promovem publicitariamente, e financiam o regime fascista-nazi de Kiev e todas as suas atrocidades. Por pressão de Washington, de Berlim, de Paris e de Londres o regime fascista-nazi de Kiev, começou uma guerra sem fim contra os ucranianos de etnia russa.

Recordando o massacre de Odessa dos judeus ucranianos-russos por bandos fascistas-nazis, semelhantes à actual Junta Fascista-Nazi de Kiev, os ucranianos-russos de Donetsk e Lugansk proclamaram a independência da República de Donetsk e Lugansk. As Waffen-SS criadas pela Junta Fascista-Nazi de Kiev (Guarda Nacional-Socialista), com o apoio da União Europeia e dos Estados Unidos fuzilaram ontem em Donetsk dois civis ucranianos-russos.

Segundo a comissão eleitoral, em referendo, realizado em 11 de Maio de 2014, 89,07% votaram a favor da separação de Donetsk da Ucrânia e 10,19% contra, isto é, 89,07 % votaram a favor da criação da República Popular de Donetsk e Lugansk, contra a Junta Fasista-Nazi de Kiev e contra os seus apoiantes da chamada União Europeia (que na realidade é um conjunto de países que se roubam, escandalosamente, uns aos outros) e do Reich de Washington.


Em Lugansk o resultado do referendo de 11 de Maio de 2014, foi de 96,2% pelo sim à independência, contra a Junta-Fasista Kiev e contra os seus apoiantes da União Europeia e dos Estados Unidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário