terça-feira, 15 de julho de 2014

OS ESTADOS UNIDOS E OS PAÍSES SEUS LACAIOS MAIS SERVIS, COMO PORTUGAL, SÃO POLÍTICA E ETICAMENTE RESPONSÁVEIS PELAS SELVAJARIAS ISRAELITAS


Os Estados Unidos e os seus lacaios mais servis estão sozinhos contra o Mundo, ao recusarem o reconhecimento do Estado da Palestina. No mapa a seguir estão assinalados os Estados Unidos e os países seus vassalos mais servis, a cinzento, que recusam o direito dos palestinianos a terem o seu próprio Estado.

Poderia dizer que é uma vergonha, se ingenuamente acreditasse que os países da NATO, Estados Unidos + União Europeia muito maioritariamente, respeitam os Direitos Humanos. Falam em Direitos Humanos e exibem Guantánamo «urbi et orbi» como exemplo de Direitos Humanos.

O Estado de Israel em 2014 é um protectorado dos Estados Unidos e da União Europeia. Os israelitas nada fazem sem o consentimento de Washington. Todas as matanças de mulheres e de crianças palestinianas pelos israelitas têm o pré-acordo de Washington.
Os Estados Unidos andam a pregar os Direitos Humanos para os seus inimigos, porque eles próprios e os seus lacaios da União Europeia e outros lacaios desprezam os Direitos Humanos. O conceito Direitos Humanos é uma arma de arremesso dos países da NATO contra aqueles que não se submetem ao império com capital em Washington.

Se não fosse o apoio dos Estados Unidos e da União Europeia às selvajarias israelitas estas não ocorriam.

Se Washington e os seus grandes lacaios não recusassem aos palestinianos o direito a terem um Estado não haveria esta monstruosa selvajaria israelita.

Sem comentários:

Enviar um comentário