domingo, 27 de julho de 2014

A SEVAJARIA DITA DEMOCRÁTICA OU APOIADA PELAS DEMOCRACIAS ESTÁ NA MODA

A implantação de um regime fascista-nazi na Ucrânia pela União Europeia e por Washington mostra bem a hipocrisia do poder no império de Washington e nos países seus vassalos.
O regime pró-ocidental de Kiev divulgou o seu programa: proibição da liberdade religiosa, proibição da liberdade de expressão de pensamento, proibição da liberdade de manifestação, proibição da língua russa.
Todos os países da União Europeia, incluindo a Holanda, estão comprometidos com as selvajarias do regime de Kiev, especializado em matanças de civis, homens, mulheres, e crianças de todas as idades, nomeadamente com bombardeamentos aéreos.




Os holandeses rasgaram as vestes quando um avião de passageiros da Malásia foi abatido (não se sabe por quem) numa zona de combates, com bombardeamentos aéreos e choraram de raiva, por não terem meios para iniciarem a III Guerra Mundial.
A hipocrisia faz parte da liturgia dos torturadores de Guantánamo e das suas Sucursais (umas prisões conhecida e outras prisões secretas). Quem mentiu a todo o Mundo para invadir o Iraque, mente sempre que achar conveniente. Não me parece que a versão de Washington sobre o abate do avião da Malásia seja mais credível que a versão de Washington para justificar a invasão do Iraque.


E, entretanto, o Estado de Israel, um protectorado de Washington e da União Europeia, pratica genocídio sobre os palestinianos, com a bênção de todas as troikas, isto é de Washington e da União Europeia. E depois os mídia dominantes no chamado ocidente divulgam os comunicados de guerra dos judeus e dos seus apoiantes de Washington e da União Europeia, achando que o genocídio de Gaza tem que ter dimensões muito superiores às que já tem.

Sem comentários:

Enviar um comentário