segunda-feira, 23 de junho de 2014

PORTUGAL 2 - ESTADOS UNIDOS 2


Pior que a selecção portuguesa só os críticos.
A primeira pergunta é esta? O que foi a selecção portuguesa fazer ao Mundial do Brasil? Negócios, talvez.
Em primeiro lugar a selecção não se preparou para ter um bom desempenho.  Foi jogar para os Estados Unidos para ganhar dinheiro.
O presidente do Real Madrid disse  que Cristiano Ronaldo não devia jogar pela selecção portuguesa, mostrando o maior desprezo por Portugal e pelo próprio Cristiano Ronaldo. E mostrando, ostensivamente, o carácter mafioso do futebol, mostrando soberbamente que o futebol não é um desporto, mas um negócio!!!
A incompetência dos críticos, quer da RTP, quer da SIC, quer da TVI, levou-me a mudar de canal, com relativa rapidez. No entanto, ainda ouvi algumas frases verdadeiras: na SIC Notícias um crítico disse uma frase verdadeira: «Miguel Veloso, João Moutinho e Raul Meireles não jogaram nada contra a Alemanha». Na TVI ouvi também uma frase verdadeira: «as piores selecções foram a das Honduras e a de Portugal». Apesar de as entrevistas a adeptos permitirem quase só ouvir disparates, ouvi um adepto dizer algo muito acertado: «a selecção portuguesa jogou sem garra nem alegria».
Os piores críticos, na minha opinião, são ex-jogadres de futebol e actuais treinadores. Eles enriqueceram à custa do futebol, nunca poderão fazer uma crítica imparcial. Nunca poderão dizer a verdade sobre a corrupção nas arbitragens e nas Federações (Não esqueçamos que a FPF vendeu a meia-final à Inglatera, em 1966, abdicando do seu direito de jogar em Liverpool,por dinheiro, para jogar em Londres, em condições muito mais desfavoráveis). E também nunca poden ser claros sobre a viciação de sorteios e de resultados. Nunca poderão dizer a verdade sobre os árbitros, porque a FIFA escolhe árbitros corruptos, caso contrário os dirigentes da FIFA perderiam o controle da corrupção. Dou alguns exemplos: por que o árbitro perdoou um penálti contra a Argentina e não inventou um penálti a favor do Irão e em prejuízo da Argentina? Errar é humano, por isso os erros dos árbitros nunca são a favor das selecções indesejadas. Por que razão um árbitro inventou um penálti a favor do Brasil e não contra o Brasil? É muito conveniente, porque errar é humano, que esses erros sejam a favor das selecções melhores para o negócio e não o contrário.
Por que motivo o árbitro marcou penálti não existente contra Portugal, quando estava 0 - 0 no jogo contra a Alemanha? Este penálti foi decisivo para o descalabro da selecção. Por que motivo o mesmo árbitro não marcou um penálti, claríssimo, contra a Alemanha, que poderia ser decisivo não para Portugal ganhar o jogo, mas para Portugal passar a fase de grupos? Ficava, em princípio, com 3 golos negativos e não 4.
Portugal quebrou demasiado psicologicamente contra  Alemanha, depois do penálti, nunca procurando com afinco marcar golos, que poderiam ser decisivos na passagem à fase seguinte, em caso de empate em pontos!
Portugal esteve mal demais fisicamente e com três lesões musculares em três jogadores diferentes no mesmo jogo. Isto revela má preparação física e mau planeamento. Quaresma não foi ao Mundial, devido a descontrole psicológico frequente em casos de muita pressão. E não foi feito trabalho nesse sentido nos convocados? Pepe mostrou claro descontrole emocional, pondo-se a jeito para ser expulso e foi mesmo, ficando Portugal só com 10 jogadores.
Contra os Estados Unidos Portugal aos 5 minutos já ganhava poe 1 - 0, com um golo de Nani limpo, fruto de um remate muito bem executado, e não assumiu o controle do jogo, deixando os estadunidenses ganharem confiança. Portugal não lutou, afincadamente, pelo 2 - 0 na primeira parte. Perdeu tempo precioso.
Na segunda parte Portugal colapsou tacticamente, psicologicamente e fisicamente, permitindo que a equipa dos Estados Unidos marcasse dois golos. O segundo golo dos Estados Unidos foi precedido de um offside claro, que o arbitro não marcou. O árbitro não marcou o fora de jogo contra os EUA porquê?

Só a perder é que Portugal começou a lutar pelo segundo golo e só a perder o seleccionador-treinador é que arriscou para que Portugal marcasse o segundo golo e marcou mesmo, com um excelente passe de Cristiano Ronaldo para a cabeça de Varela que marcou um excelente golo.
Agora basta à Alemanha combinar um empate com os Estados Unidos para que estas equipas passem a fase de grupos. A Alemanha é perita em casos de corrupção, a Alemanha já combinou um empate com a Áustria que assegurou a passagem da fase de grupos de ambas as equipas, no Mundial de 1982. No Mundial de 1954, na fase de grupos, a Alemanha Ocidental perdeu por 8 - 3 com a Hungria, sim por oito - três.
Na final, contra a nesma Hungria, ao intervalo a Alemanha Ocidental já estava  a perder por 2 - 0. Dizem que a Alemanha Ocidental comprou a vitória, no intervalo do jogo com a Hungria, porque na segunda parte a tal Alemanha que tinha perdido na fase de grupos por 8 - 3 com a Hungria, marcou 3 golos e a Hungria nenhum... É algo mais que estranho!!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário