domingo, 29 de junho de 2014

MÉXICO ELIMINADO POR ÁRBITRO CORRUPTO PORTUGUÊS QUE INVENTOU UM PENÁLTI

Os árbitros internacionais portugueses são escolhidos pela sua desonestidade.

Pedro Proença foi escolhido para fazer batota e fez batota. Arjen Robben atirou-se para o chão, porque, provavelmente, já sabia que havia um árbitro desonesto para eliminar o México.


O padrão FIFA na arbitragem é a desonestidade, é a corrupção.


Holanda 1 – México 1 e soma-se + 1 do árbitro para a Holanda.

O padrão FIFA está sintetizado na foto a seguir:



Sem comentários:

Enviar um comentário