quarta-feira, 14 de maio de 2014

A TROIKA-QAEDA FEZ VÁRIOS ATAQUES TERRORISTAS CONTRA PORTUGAL


Os oligarcas portugueses representam 1% da população. Estes oligarcas (alta burguesia) tiveram a Troika-Qaeda a fazer ataques terroristas contra a maioria dos portugueses para os beneficiar.
A Troika-Qaeda, que é constituída pelo FMI que obedece a Washington e pelo falso «Banco Central Europeu» e pela falsa «Comissão Europeia» que obedecem a Berlim, criou um clima de terror em Portugal com os seus atentados terroristas, contra a Democracia/Estado de Direito, visando sobretudo o Tribunal Constitucional, contra as pequenas e médias empresas levando muitas delas à falência, contra o emprego provocando um aumento brutal do desemprego, contra o bem-estar da maioria dos portugueses provocando cortes terroristas nos seus rendimentos, levando muitos deles à fome, contra a estabilidade existencial facilitando de forma terrorista os despedimentos, aumentando brutalmente o trabalho precário, desvalorizando brutalmente o factor Trabalho e estando ao serviço do Capital.
Os funcionários do FMI da Troika-Qaeda, que ganham 50 mil euros por mês, e que vêm de países onde a maioria da população vive numa degradante miséria esfomeada, numa miséria medieval, querem arruinar a maioria dos portugueses, querem desemprego e fome em Portugal. Os funcionários da Troika-Qaeda europeus às ordens de Berlim, representando o falso «BCE» e a falsa «CE» são ainda piores e querem pôr os portugueses a passarem fome durante os próximos 20 anos.
Portugal é governado por traidores anormais que chamam à sua anormalidade «nova normalidade».
A Troika-Qaeda fez a dívida portuguesa subir de 90% do PIB para 130% do PIB.
As televisões e os outros meios de comunicação social dominantes espalham mentiras em cima de mentiras e omitem factos relevantes, numa tentativa diária de lavagem ao cérebro dos portugueses, numa tentativa de embrutecimento das pessoas. A Direita domina brutalmente as televisões.
Não é verdade que a União Europeia defenda a liberdade individual e os Direitos Humanos, pratica sim a Tortura em Guantánamo e nas suas sucursais, duas dentro da União Europeia, umas conhecidas outras prisões secretas, mas todas elas sucursais do inferno. Implantou um regime fascista-nazi em Kiev e o fascismo-nazismo é contra a Liberdade e contra o respeito pelos Direitos Humanos. O programa do governo fascista-nazi de Kiev foi proibir a liberdade de imprensa, a liberdade de expressão de pensamento, a liberdade religiosa e a liberdade de alguns cidadãos falarem e escreverem na sua única língua e ainda permitir matanças indiscriminadas. O governo fascista-nazi de Kiev proibiu o Direito Humano nº 1 que é o direito de estar vivo, ao fomentar matanças eticamente e moralmente hitlerianas, como o massacre de Odessa de 2 de Maio de 2014, o segundo massacre de Odessa realizado por bandos fascistas-nazis, o primeiro foi durante a II Guerra Mundial em que bandos fascistas-nazis massacraramm os judeus ucranianos-russos.

Os países da chamada União Europeia roubam-se uns aos outros e os povos desses países odeiam-se uns aos outros.

Sem comentários:

Enviar um comentário