segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

A ZONA EURO EM QUESTÃO NAS ELEIÇÕES PARA O «PARLAMENTO EUROPEU»


Como aqui tem sido referido a iniciativa da criação da moeda euro partiu da França que encontrou pouco interesse da Alemanha em abandonar o marco.
As elites da política da França insistiram na criação do euro, custe o custar. Foi aqui que uma ideia, em princípio boa, foi mal aplicada. A França deixou que a Alemanha impusesse uma arquitectura legislativa da moeda euro e do falso «Banco Central Europeu» perigosa.
Portugal tem que começar a debater, em profundidade, a saída da moeda euro. Se, a França não impõe uma nova arquitectura legislativa da moeda euro e do falso «Banco Central Europeu», Portugal terá que sair mesmo da moeda euro.
Há sempre futuro, há, mesmo, sempre futuro, só que esse futuro pode ser melhor ou pior.

Não é só Portugal que está apreensivo com o futuro da Zona Euro, há grande apreensão no eleitorado da França, da Itália e da Espanha.

Sem comentários:

Enviar um comentário