quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

SCARLETT JOHANSSON VENDEU-SE À BARBÁRIE SIONISTA


Em 2014 tudo se vende, ou quase tudo. Neste caso a actriz norte-americana Scarlett Johansson vendeu-se a ela própria à selvajaria sionista, fazendo publicidade a uma empresa de judeus implantada em território roubado aos palestinianos com o apoio da NATO, especialmente dos Estados Unidos.

Os judeus foram buscar ao «Mein Kampf» de Adolf Hitler a teoria do espaço vital, que significa roubar territórios a outros povos por meios militares.


O presidente Carter dos Estados Unidos deu um golpe mortífero à teoria do espaço vital sionista ao obrigar os judeus a abandonarem o Sinai, acabando de vez com a ideia do Grande Israel. Depois de Carter, nenhum presidente dos Estados Unidos tentou manter na ordem os judeus.

Sem comentários:

Enviar um comentário