segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

A TROIKA E A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA FOME EM PORTUGAL


As televisões portuguesas, que tanto apoiam a política de produção de fome de Passos e Cavaco, criam a ideia da institucionalização da fome em Portugal. Apoiam a política de empobrecimento, de miséria e de fome e depois dão grande relevo às doações para os esfomeados.
Esta institucionalização da fome é um dos objectivos de Passos, da Troika e de Cavaco. O poder da Direita tem tido como prioridade o empobrecimento da maioria dos portugueses, a falência de empresas e o alto desemprego. O espectro da fome leva à descida dos salários e à emigração em massa.

A União Europeia ajuda Passos a pôr os portugueses a passarem fome, é para isto que, em Dezembro de 2013, a União Europeia serve, para pôr os portugueses, pobres, miseráveis e esfomeados.

Sem comentários:

Enviar um comentário