sábado, 9 de novembro de 2013

ALGUNS CRIMES DO NEOLIBERALISMO

O neoliberalismo, de facto, representa o financiamento público dos negócios privados, em Portugal está a ser aplicada uma política criminosa de saque de dinheiros públicos para interesses privados, diante dos nossos olhos, à vista de toda a gente…

«Privatês



A jornalista Ana Leal da TVI está de parabéns. A Verdade Inconveniente sobre os colégios privados, que passou esta semana na TVI, é reportagem no seu melhor. Se ainda não viram, não percam:

“Uma equipa da TVI percorreu o país e encontrou escolas públicas vazias, em risco de fechar, cercadas por colégios privados que nunca deveriam ter tido autorização para serem construídos. Uma teia de cumplicidades que abrange ex-governantes que, depois de exercerem os cargos, passaram a trabalhar para grupos económicos detentores de muitos desses colégios, ou ex- diretores regionais de educação que fundaram depois colégios que são pagos com o dinheiro dos contribuintes.”

É a economia política da ida ao pote, o tal Estado paralelo, o neoliberalismo, ou seja, uma engenharia política de demolição do que é público e de construção e decisivo reforço de interesses capitalistas, em todo o seu esplendor na educação. O privatês de Crato precisa mesmo de um contramovimento político à altura, o que requer a multiplicação das análises críticas sobre invenções políticas neste campo, de que são exemplos o novo estatuto do ensino particular e cooperativo e o planeado cheque-ensino, sendo que algumas destas tecnologias deseducativas têm por aqui sido escalpelizadas nas suas perniciosas consequências, em especial pelo Nuno Serra.» (In blog «Ladrões de Bicicletas»)

Sem comentários:

Enviar um comentário