sábado, 5 de outubro de 2013

CAVACO SILVA DIZ UMA COISA EM JANEIRO DE 2011 E O SEU CONTRÁRIO EM OUTUBRO DE 2013

Cavaco Silva tornou-se o advogado de defesa do governo de traidores e de criadores de injustiças sociais muito graves PSD-CDS. Cavaco chega ao ponto de se criticar a si próprio para defender Passos e o irrevogável Portas… Cavaco afirmou, solenemente, em Janeiro de 2011 (quando o PS estava no governo e o partido do Cavaco, o PSD, na oposição) o contrário do que afirmou em Outubro de 2013 sobre a dívida de Portugal… Isto mostra uma profunda decadência da III República de Portugal, pelo menos mostra uma profunda decadência das pessoas do poder na III República portuguesa em 2013.


«Cavaco Silva – Tenho cá pra mim...




Tenho cá pra mim que o emplastro que ocupa o lugar que deveria estar ocupado por um verdadeiro Presidente da República, faz de propósito para parecer imbecil. Tenho para mim que foi a técnica que resolveu adoptar para se “demarcar” dos bandidos chupistas e parasitas em geral, de que se fez rodear quando era chefe do Governo, gente que está hoje já presa, ou a dever anos à prisão.
Só isso explica muitas das suas indigentes declarações públicas, como esta em que terá dito que estranha haver portugueses que “não remam para o mesmo lado”.
Quer com isto fazer crer, o sonso, que é estranho ao conceito de poder existir gente que, partindo dum mesmo ponto, como poderia ser a Estação do Oriente em Lisboa (ou a presente situação político-económica)... se dividisse entre os que querem ir para Faro, ou para o Porto, ou Beja, ou Figueira da Foz... ou os que não querem ir a lugar algum para além dos bolsos dos passageiros a quem falsamente prometeram e cobraram antecipadamente a viagem.
Ah... já me esquecia... mesmo não sendo um dos (felizmente!) muitos economistas e cidadãos em geral, a quem Cavaco apontou o dedo... ainda assim, aproveito esta "magna" oportunidade para lhe dizer que “masoquista” é a tia!!!


Sem comentários:

Enviar um comentário