domingo, 13 de outubro de 2013

ARRUINAR, A SEGUIR ARRUINAR E DEPOIS ARRUINAR


Este governo de traidores que está, temporariamente, no poder em Portugal tem um programa muito simples: arruinar a maioria dos portugueses, a seguir continuar a arruinar a maioria dos portugueses. E depois? Continuar a arruinar a maioria dos portugueses. Enquanto estiver no poder este governo de traidores é o que sabe fazer, e é o que continuará a fazer, continuará a arruinar a maioria dos portugueses.
O ex-presidente da III República de Portugal, Jorge Sampaio condenou as observações vexatórias para a dignidade de Portugal de Christine Lagarde que tentou humilhar instituições da Democracia portuguesa, o que não faz em relação ao seu país que é a França. E também criticou idênticas afirmações do arrivista português Durão Barroso, colocado a presidente da «Comissão Europeia» pelo «PPE» («Partido Popular Europeu»), que representa as direitas da União Europeia.

Também outro presidente e fundador da III República de Portugal, Mário Soares, criticou, duramente, o governo em funções.

1 comentário:

  1. A elite da finança e das corporações está apostada em destruir a Nações.
    Armadilhou o sul da Europa pelo endividamento, quer com a colaboração de políticos medíocres, quer fazendo os estados resgatar com o seu dinheiro a corrupção financeira. Eles querem destruir as soberanias… dividir/dissolver as Identidades para reinar… tudo para criarem uma "massa amorfa" de gente inerte, pobre e escravizada e assim melhor estabelecerem a Nova Ordem Mundial: uma nova ordem a seguir ao caos – uma ORDEM MERCENÁRIA (um Neofeudalismo)... ou seja, a 'Ordem Natural' que emerge de um 'barril de pólvora' (leia-se, o caos organizado pela alta finança).
    {nota: andam por aí muitas marionetas... cujo trabalhinho é 'cozinhar' as condições que são do interesse da superclasse - alta finança, capital global}

    ResponderEliminar