quarta-feira, 23 de outubro de 2013

A TURBULÊNCIA DA ZONA EURO E O FIM DA HISTÓRIA


As declarações de dirigentes da União Europeia e de elementos do governo de traidores que estão a arruinar Portugal sugerem que os erros de análise e programáticos da chamada Troika são tudo coisas «muito boas». Eles autoavaliam-se-se no «bom caminho».
Este «bom caminho» que tem conduzido ao empobrecimento brutal da maioria dos portugueses, mostra que na União Europeia quem exerce o poder não tem uma ideia positiva para a União Europeia.

Os neoliberais acham que chegámos ao fim da História. Só que «fim da História» dura menos de 24 horas, e depois a História continua.

Sem comentários:

Enviar um comentário