domingo, 29 de setembro de 2013

ELEIÇÕES EM TEMPO DE CRISE


Hoje há eleições autárquicas em Portugal. Se os portugueses e as portuguesas não castigarem o PSD e o CDS/PP é porque embruteceram e se tornaram sado-masoquistas.
Portugal está arruinado por ordem de Berlim. E este empobrecimento ruinoso da maioria dos portugueses é defendido pelos órgãos de comunicação tradicionais, como se fosse uma ordem inevitável de um Deus, sobrevivente da mitologia grega...
Ora vejamos quem são os alemães… A única coisa boa que a Alemanha fez pela Humanidade, desde que existe, foi perder duas guerras mundiais. O Mundo está mau, mas imaginemos como estaria se Adolf Hitler tivesse ganho a II Guerra Mundial…
Os alemães que em 2013 votaram em Ângela Merkel não são nada melhores que os alemães que em 1932, em eleições livres, votaram em Adolf Hitler.
Os alemães agora são especializados em «resgates».
Como aqui tenho escrito não sou simpatizante do Estado de Israel, devido às desumanidades que comete contra os palestinianos.
Mas vejamos os três resgates que os alemães fizeram aos judeus: primeiro resgate – arruinaram-nos, partiram-lhes as montras das lojas, assaltaram-lhes as lojas e as casas, roubaram-nos; segundo resgate – prenderam-nos em ghettos, obrigando-os a uma vida indigna e de grande empobrecimento; terceiro resgate – fizeram uma meticulosa fábrica de matar pessoas em Auschwitz e exterminaram os judeus, metodicamente, homens mulheres e crianças de todas as idades.
O primeiro resgate de Portugal dirigido pela troika, que é comandada pela Alemanha, deu origem ao acentuado empobrecimento da maioria dos portugueses. Imaginemos o que será o segundo e o terceiro resgate… do segundo já se fala estar iminente… O católico João César das Neves, catedrático de Economia na Universidade Católica já anda a defender um segundo «resgate» para Portugal, obviamente, tal como o primeiro, comandado por Berlim…
Ora, Portugal é um país antigo, que já foi conquistado pela Espanha em 1580 e só recuperou a independência em 1 de Dezembro de 1640.
Portugal tornou-se independente, de facto e formalmente, em 1179 através da bula do papa Alexandre III Manifestis Probatum. Em 1143 Portugal passou de Condado a Reino, embora fosse um Reino vassalo do imperador de Leão, no contexto do feudalismo.
Portugal tem que estudar a sério a saída da moeda euro, moeda que o torna vassalo da Alemanha.
Os vassalos da Alemanha Passos Coelho, Paulo Portas e Cavaco Silva têm andado a arruinar a maioria dos portugueses, enquanto a minoria que é a alta burguesia enriquece cada vez mais, pagando os impostos na Holanda…
O caso BPN é uma tragédia cómica feita por altos quadros do PSD e apoiada pelo governo de José Sócrates, que nacionalizou os prejuízos do banco dos altos quadros do PSD…
Nacionalização dos prejuízos e privatização de tudo quanto dá lucro é o que o governo PSD-CDS-Troika-Cavaco-Swaps tem andado a fazer…

Os portugueses ou acordam como em 1 de Dezembro de 1640 ou Portugal torna-se uma colónia da Alemanha… 

Sem comentários:

Enviar um comentário