segunda-feira, 5 de agosto de 2013

GOVERNO DE SALVAÇÃO NACIONAL É O CASO BPN EM QUE O PSD FOI SALVO PELO PS


O caso BPN foi uma fraude bancária colossal praticada por elementos do PSD, entre os quais se destacaram Oliveira e Costa e Duarte Lima e ainda Dias Loureiro.
Oliveira e Costa chegou a estar preso.
O PS Vítor Constâncio, governador do Banco de Portugal nada detectou. Teixeira dos Santos na CMVM nada detectou.
E surpreendentemente, quando tudo indicava que o BPN devia mesmo ir à falência, Teixeira dos Santos e José Sócrates nacionalizaram os prejuízos do BPN, mas não nacionalizaram os activos da SLN, sociedade detentora do BPN.
Calcula-se em cerca 7 mil milhões de euros o desfalque do BPN, que os funcionários públicos e os reformados da função pública e os do sector privado já pagaram parcialmente.
A Salvação Nacional foi quando, no governo PS, José Sócrates e Teixeira dos Santos salvaram os delinquentes do PSD no BPN.
É este o conceito de «Salvação Nacional» de Cavaco Silva.

Sem comentários:

Enviar um comentário