sábado, 17 de agosto de 2013

AS MATANÇAS DA DITADURA MILITAR PRÓ-ISRAEL NO EGIPTO


As «virgens ofendidas» que nos países da NATO tanto clamam contra o regime de Assad na Síria, apoiam mais ou menos discretamente as matanças de civis pela ditadura militar do Egipto.

Esta ditadura militar já matou mais de 700 pessoas. E continua e continuará a massacrar civis. E dificulta ao máximo o abastecimento dos palestinianos da Faixa de Gaza, que tem fronteira com o Egipto.

Sem comentários:

Enviar um comentário