sábado, 13 de julho de 2013

CORRUPÇÃO

«Veio enfim um tempo em que tudo o que os homens tinham olhado como inalienável se tornou objecto de troca, de tráfico, e podia alienar-se. É o tempo em que as próprias coisas que até então eram comunicadas, mas nunca trocadas; dadas, mas nunca vendidas; adquiridas, mas nunca compradas - virtude, amor, opinião, ciência, consciência, etc. - em que tudo enfim passou para o comércio. É o tempo da corrupção geral, da venalidade universal.»

Karl Marx (Cit. in blog «Ladrões de Bicicletas)

Nos Estados Unidos boa parte dos professores universitários de Economia foram comprados pela alta burguesia financeira, aspecto bem explicado e exemplificado no documentário «Inside Job».
«Inside Job (Trabalho Interno) é um documentário de 2010 acerca da crise financeira global de 2007-2012 dirigido por Charles H. Ferguson. O filme é descrito por Ferguson como sendo sobre "a corrupção sistémica dos Estados Unidos pela indústria de serviços financeiros e as consequências da corrupção sistémica."
Em cinco partes, o filme explora como as mudanças no ambiente político e as práticas bancárias ajudaram a criar a crise financeira. Trabalho Interno foi então bem recebido pela crítica que louvou seu ritmo, pesquisa e exposição de material complexo.
Foi exibido no Festival de Cannes de 2010 em Maio e ganhou o Óscar de melhor documentário de 2011.» (In «Wikipedia»)


«O que têm em comum Ricardo Salgado, António Mexia e Eduardo Catroga? Para além de serem muito bem pagos, são também Doutores Honoris Causa pelo ISEG-UTL. O primeiro desde ontem, o segundo desde a semana passada e o terceiro desde o ano passado.
O que é que um plutocrata e dois videirinhos têm em comum com os verdadeiros Doutores Honoris Causa da distinta história do ISEG nesta e noutras áreas – vejam a lista, é toda uma história da ciência económica, do debate público qualificado sobre políticas? Não têm nada em comum.» (in blog «Ladrões de Bicicletas»)

Sem comentários:

Enviar um comentário