quinta-feira, 25 de julho de 2013

A AUSTERIDADE TAMBÉM MATA PASSAGEIROS DE COMBOIOS NA ESPANHA


O descarrilamento perto de Santiago de Compostela provocou 80 mortos e 140 feridos.
A linha onde ocorreu o acidente não tinha o sistema de segurança adequado a comboios de alta velocidade. Digamos que se poupou dinheiro.
O comboio entrou numa curva com limite de velocidade de 80 km/hora a 190 Km/hora.

Admitamos que tudo se passou por incompetência e irresponsabilidade do maquinista. Admitindo isto, se aquela curva e a recta que a precede tivessem o sistema caro mas eficiente para comboios de alta velocidade o descarrilamento não teria acontecido, porque o comboio seria automaticamente forçado a reduzir a velocidade, atempadamente e proporcionalmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário