sábado, 29 de junho de 2013

A ESPIRAL RECESSIVA EM PORTUGAL ACENTUA-SE


«Défice de 10,6%, superior ao que Portugal tinha antes da chamada da troika. E, vá lá, ligeiramente superior aos 5,5% de meta para 2013. E pertíssimo dos 7,9% de défice de 2012. Isto com mais 450 000 desempregados do que em 2011, 8 trimestres consecutivos de recessão, dívida pública quase nos 130%, mais 20% do que em 2011. Mas Pedro Passos Coelho garante que no último trimestre do ano é que vai ser, que vai haver uma "viragem da tendência económica". E o secretário de Estado do Orçamento fala mesmo em "sucesso do programa de ajustamento".» 

«"2013 será o ano da inversão económica" - Pedro Passos Coelho, em Agosto passado, na festa do Pontal»

(Sérgio Lavos in blog «Arrastão»)

10,6% de défice num trimestre de 2013 é um grande sucesso para o governo de traidores sádicos PSD-CDS-Troika-Cavaco.
Cavaco, o ministro sem pasta deste governo, veio logo dizer que as contas estavam mal feitas.
Tudo bem para esta bandidagem que está a arruinar a maioria dos portugueses. Além de sádicos e traidores são burros. São mesmo burros por mais graus académicos que apresentem.

Como é possível Portugal estar na mão destas mentes criminosas? Mentiram descaradamente para ganharem as eleições. Traidores, sádicos e burros, mas são perigosos, porque ainda estão no poder.

Sem comentários:

Enviar um comentário