domingo, 26 de maio de 2013

VITÓRIA DE GUIMARÃES VENCEU O BENFICA NA FINAL DA TAÇA DE PORTUGAL POR 2 – 1


O treinador do Benfica Jorge Jesus passou uma imagem de grande incompetência nesta época de 2012 – 2013.
O Vitória de Guimarães mereceu conquistar a Taça de Portugal, porque tentou ganhar e ganhou mesmo. O treinador do Benfica tirou o melhor marcador, Cardozo, dando uma imagem de medo, quando estava a vencer por 1 – 0.
O treinador e os jogadores do Vitória de Guimarães perceberam isso, que Jorge Jesus estava cheio de medo, e atacaram a baliza do Benfica com sucesso.
Depois de estar a perder por 2 -1, o Benfica já não tinha tempo para jogar. Teve tempo para jogar e não jogou, a ganhar por 1 – 0 o Benfica não jogou. E como não jogou mereceu perder.
Nos jogos decisivos mostrou incompetência decisiva.
No estádio da Luz o Benfica não conseguiu vencer o Porto, empatou 2 – 2.
Para ser campeão o Benfica precisava de ganhar no estádio da Luz ao Estoril e não foi capaz, empatou 1 – 1. Teve uma segunda oportunidade pra ganhar o campeonato, se fosse vencer o Porto, no estádio do Dragão, e só jogou até ficar a vencer por 1 – 0. Depois de estar a vencer no Porto por 1 – 0, o Benfica deixou de jogar, esperando que o Porto também não jogasse, e o Porto venceu o Benfica, porque lutou pela vitória perante o Benfica em pânico, que só tentou ganhar o jogo até ficar, efectivamente, a ganhar por 1 – 0. Mas, o Benfica não tentou chegar ao 2 – 0, não lutou por isso.
Como aqui disse, o Porto venceu o Paços de Ferreira no último jogo, de modo ilegal, porque o árbitro assinalou um penálti ilegal contra o Paços de Ferreira e expulsou, ilegalmente, um jogador do Paços de Ferreira. Esse acto corrupto, criminoso, do árbitro foi decisivo, na vitória do campeonato, porque o Porto marcou um golo ilegal e ficou, ilegalmente, a jogar contra apenas 10 jogadores.

Na final da Liga Europa o Benfica perdeu perante um Chelsea muito defensivo na primeira parte. Nessa primeira parte faltou Lima, para marcar golos, por opção de Jorge Jesus. O Benfica na primeira parte falhou na finalização, tendo no banco o grande finalizador Lima. Não faz sentido, o Benfica falhar na finalização, porque não jogou com os dois melhores finalizadores. O Benfica certamente que estudou o jogo da Supertaça Europeia 2012 Chelsea – Atlético de Madrid, em que o Chelsea foi goleado por 4 – 1. O Atlético de Madrid foi eficaz na finalização contra o Chelsea e o Benfica não.

Sem comentários:

Enviar um comentário