terça-feira, 21 de maio de 2013

VITAL MOREIRA – DE DISSIDENTE A TRAIDOR


«Se se cortam os salários... não vejo porque não haveria de ser possível cortar as pensões» - Vital Moreira, apoiando aquilo que Paulo Portas diz que não pode apoiar.
Vital Moreira despreza os reformados, despreza o sofrimento das pessoas que têm que sustentar filhos desempregados e netos.
Vital Moreira saiu do PCP alegando que o marxismo-leninismo, onde foi aplicado, não respeitava os Direitos Humanos, o que até é verdade. No entanto, o habitual dos ex-comunistas é a sua insensibilidade social, o seu desprezo pelos Direitos Humanos, a sua subserviência à alta burguesia e o seu desprezo pelas classes sociais ou grupos sociais espoliados de Direitos fundamentais.

Sem comentários:

Enviar um comentário