segunda-feira, 27 de maio de 2013

UM PALHAÇO À FRENTE DA ONU


Não é só em Portugal que há palhaços. O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, é um palhaço às ordens de Washington. Este palhaço às ordens da NATO não está, minimamente, preocupado, com os terroristas que invadiram a Síria, agora com o apoio aéreo do Estado de Israel, que bombardeia a Síria sempre que lhe apetece.

«O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, manifestou, este domingo, a sua preocupação relativamente à implicação do movimento radical libanês Hezbollah na guerra da Síria e a uma eventual extensão do conflito ao Líbano.
Ban Ki-moon está "profundamente preocupado" com um maior envolvimento na luta da Síria reconhecido pelo movimento, e com o risco de propagação do conflito ao Líbano, palco de crescente tensão na última semana, informou o porta-voz do secretário-geral das Nações Unidas.» (In «DN» net)

Sem comentários:

Enviar um comentário