quarta-feira, 1 de maio de 2013

1º DE MAIO EM TEMPO DE CRISE SEVERA


O capitalista norte-americano Warren Buffett disse que não vivemos numa época de luta de classes, mas numa época de GUERRA DE CLASSES, e que a classe dele, a alta burguesia, estava ao ataque nessa guerra de classes e que estava a vencê-la em todas as frentes. Acho que Warren Buffett faz uma análise inteligente e objectiva da realidade.
Eu acho que estamos em plena guerra de classes sociais e que a alta burguesia está a vencer em todas as frente, por outras palavras, as classes assalariadas também designadas por classes trabalhadoras estão a perder a guerra de classes sociais contra a burguesia em todas as frentes. É neste contexto que se comemora o 1º de Maio em todo o Mundo, em homenagem à luta dos trabalhadores dos Estados Unidos, massacrados depois de uma manifestação em 1 de Maio de 1886, em Chicago, quando reivindicavam 8 horas de trabalho por dia, pelo regime ao serviço da burguesia.
«Warren Edward Buffett (Omaha, 30 de Agosto de 1930) é um investidor, industrial e filantropo americano. Ele é o mais bem sucedido investidor no mundo, chamado de "o legendário investidor Warren Buffett", ele é o principal accionista, presidente do conselho e director executivo da Berkshire Hathaway. Ele é constantemente citado na lista das pessoas mais ricas do mundo, sendo o segundo homem mais rico do mundo, em 2012.» (Fonte «Wikipedia»)
Mas, os vencedores de hoje podem ser os vencidos de amanhã. Lembremos os casos dos vencedores Luís XVI e Maria Antonieta e também do vencedor Benito Mussolini.

Sem comentários:

Enviar um comentário