quarta-feira, 3 de abril de 2013

EMPRESÁRIOS ALEMÃES UTILIZARAM TRABALHO ESCRAVO DURANTE A II GUERRA MUNDIAL


Durante II Guerra Mundial muitos empresários alemães solicitaram às autoridades alemãs da época trabalho escravo.
Tratava-se de escravatura de pessoas de raça branca. Alguns desses escravos eram de nacionalidade francesa.
Trabalhavam nas empresas e não recebiam nada como salário, o que configura, claramente, trabalho escravo.
Se as pessoas têm dúvidas sobre os limites para as condições de trabalho que os alemães e alemãs actuais têm para os países da União Europeia sob «resgate» é bom lembrar que em termos éticos e morais boa parte dos alemães actuais não são nada melhores do que aqueles que votaram em Adolf Hitler, em eleições livres, sob a vigência de uma Constituição democrática chamada de Constituição da República Alemã de Weimar.
A União Europeia «germanizada» é perigosa. François Hollande nesta União Europeia governada a partir de Berlim faz lembrar o marechal Pétain, que obedecia às ordens vindas de Berlim.

Sem comentários:

Enviar um comentário