domingo, 14 de abril de 2013

AS ARMAS DE DESTRUIÇÃO MACIÇA DA TROIKA


A Troika (FMI, Falsa «Comissão Europeia», Falso «Banco Central Europeu») especializaram-se em destruir economias, em destruir empregos, em colocarem pessoas a passarem fome nos países «ajudados».
Estas ajudas são um negócio muito bom para quem empresta dinheiro a juros. São os chamados amigos da onça que tem por objectivo, claro, um retrocesso civilizacional nos países «ajudados».
A Economia não é uma ciência exacta e serve de pretexto para muitas patifarias.
A agenda ideológica neoliberal da Troika, implica o ainda maior enriquecimento das altas burguesias e o empobrecimento das classes médias e das outras abaixo.
Para a Troika, tudo o que dá lucro tem que ser privatizado e tudo que dá prejuízo tem que ser nacionalizado. Isto implica a nacionalização até de bancos privados que foram à falência, como o caso BPN, e a entrega de dinheiros públicos a bancos privados falidos (BPP, BANIF gerido pelo corrupto «socialista» Luís Amado, BPI gerido pelo corrupto Fernando Ulrich, BCP).
Por outro lado o Estado deve ser dominado pela alta burguesia e pela classe política que lhe obedece, como é o caso do governo PSD-CDS-Troika. A corrupção deste governo está bem evidenciada na venda do Pavilhão Atlântico, que dava lucro todos os anos a um familiar de Cavaco Silva, por um preço muito abaixo do seu valor real. Cavaco Silva também está associado a esta corrupção, como vimos no caso Pavilhão Atlântico, e também no caso BPN, porque além de ser beneficiário directo de juros que lhe deram lucros de 140%, muitos dos seus amigos como Dias Loureiro estão envolvidos nas ilegalidades do BPN.
Este governo é também de iniciativa presidencial, porque Cavaco Silva lhe dá um factual especial.
A economia portuguesa está a ser destruída, é factual. Mas Passos Coelho, Vítor Gaspar e a Troika não discutem os juros usurários que Portugal paga. Querem retirar mais 4 mil milhões de euros às classes médias e às outras abaixo, quando era muito mais fácil recolher este valor ou outro superior baixando os juros usurários que a Troika cobra.

Sem comentários:

Enviar um comentário