quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

OS INVASORES DA SÍRIA APOIADOS PELA UNIÃO EUROPEIA E PELOS ESTADOS UNIDOS, ALÉM DE PRATICAREM TERRORISMO COM CARROS-BOMBA, USAM CRIANÇAS COMO CARNE PARA CANHÃO


A União Europeia e os Estados Unidos são os maiores exportadores mundiais de Direitos Humanos, para os outros é claro. A União Europeia e os Estados Unidos, de facto, desprezam os Direitos Humanos em absoluto. Praticam em grupo a Tortura em prisões conhecidas ou secretas da Rede de Raptos, Torturas e Assassinatos Guantánamo e Sucursais. Praticam a Tortura Até à Morte, utilizando os mesmos métodos da Inquisição e do nazismo alemão. O único limite para os torturadores da NATO é a morte do torturado ou torturada. Três das prisões secretas desta abominável rede de selvagens torturadores e torturadoras ficam na União Europeia, uma na Polónia, outra na Roménia e outra na Lituânia.

«O denominado Tribunal Internacional para a Infância Afetada pela Guerra e Pobreza, composto por Organizações Não Governamentais, denunciou hoje o uso de crianças-soldado por grupos armados a operarem na Síria.

O tribunal, composto por Organizações Não Governamentais (ONG) de vários países, refere no seu relatório anual, divulgado hoje e dedicado à situação na Síria, que os grupos armados usam menores como combatentes e informadores, para colocarem bombas e até como atiradores furtivos.
Fundado pelo procurador argentino e ativista dos direitos humanos Faisal Sergio Tapia, o tribunal afirma ter documentado a morte de várias crianças no conflito sírio em consequência destas atividades.
Adianta ainda que o Exército Livre da Síria (ELS), que combate o regime do presidente Bashar al-Assad desde março de 2011, recrutou menores de idade para as suas fileiras.» (In «DN» net)

Sem comentários:

Enviar um comentário