quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

OS USURPADORES DA DEMOCRACIA


Quem como eu é adepto da Democracia tem que o repetir muitas vezes, porque Democracia e Barbárie andam associadas nos países da NATO, como Portugal. Os países da NATO são a maior parte dos países da União Europeia, os Estados Unidos, a Noruega, o Canadá, a Turquia, a Albânia, a Croácia e a Islândia.
«Os Estados que integram a NATO são a Albânia, Alemanha, Bélgica, Canadá, Croácia, Dinamarca, Espanha, os Estados Unidos, a França, a Grécia, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Turquia, Hungria, Polónia, República Checa, Bulgária, Estónia, Letónia, Lituânia, Roménia, Eslováquia e a Eslovénia.» (Fonte «Wikipédia», artigo na língua portuguesa)

Estes são os países da União Europeia que não pertencem à NATO – Áustria, Chipre, Finlândia, Irlanda, Malta e Suécia. Honra lhes seja reconhecida, porque não pertencem à Aliança Militar especializada em raptos, torturas, assassínios, condenações à morte sem julgamento, invasões directas e indirectas de países soberanos membros da ONU, destruições, ataques terroristas com carros-bomba, massacres de homens mulheres e crianças de todas as idades, toda esta Barbárie «em nome da Democracia» e considera os palestinianos infra-homens, porque não lhes reconhece direitos nenhuns.




A NATO em termos legais rege-se pela Pura Barbárie, anterior à invenção do Direito pela República Romana (de que as condenações à morte sem julgamento e respectivos assassinatos são uma prova), é igual em termos legais ao III Reich da Alemanha ou Alemanha nazi, porque despreza todas as leis.
Em termos de relações de poder a NATO baseia-se no Feudalismo, a NATO é uma estrutura Feudal. Todos os países da NATO são vassalos dos Estados Unidos e há ainda, tal como no Feudalismo, sub-vassalos. A Croácia é um país estruturalmente vassalo da Alemanha e conjunturalmente, Portugal, a Grécia, a Espanha e a Itália são também vassalos da Alemanha.
«A União Europeia é composta por 27 Estados soberanos: Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, República Checa, Dinamarca, Estónia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Suécia e Reino Unido.» (Fonte «Wikipedia», artigo na língua portuguesa)

Sem comentários:

Enviar um comentário