quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

O PAÍS - O QUE É O PAÍS?


O país é o dono do Pingo Doce pagar os seus impostos na Holanda.
O país é o Belmiro Azevedo fazer o mesmo que o dono do Pingo Doce.
O país é o Fernando Ulrich levar o BPI à falência de facto e pedir ao Estado 4 vezes o valor do BPI falido em bolsa e o governo em nome do Estado emprestar-lhe esse dinheiro a troco do Fernando Ulrich vir para as televisões dizer que era preciso mais austeridade.
O país é o ex-futebolista Vítor Baía pedir 10 milhões de euros emprestados ao BPN e não os pagar.
O país é o governo roubar, contra a Constituição, os subsídios de férias dos funcionários públicos e dos reformados do sector público e do sector privado e com o dinheiro desses roubos, pagar os buracos nas contas do Estado deixados pelo dono do Pingo Doce, pelo Belmiro Azevedo, pelo Fernando Ulrich e pelo Vítor Baía.
E além do Vítor Baía outros indivíduos roubaram o BPN como os da lista a seguir e há mais.
(Clicar 1 vez com o lado esquerdo do rato para ampliar)
O país é os contribuintes pagarem o desfalque de 7 mil milhões de euros (7.000.000.000,00 €) do BPN. Sabe-se em que bolsos estão esses 7 mil milhões de euros, parte dos quais no bolso do ex-futebolista Vítor Baía. Sabe-se e nada se faz para os recuperar. Os funcionários públicos e os reformados já foram roubados em 2012, e com o produto desses roubos já foi pago, parcialmente, esse desfalque do BPN.


Sem comentários:

Enviar um comentário