quinta-feira, 8 de novembro de 2012

«O TRABALHO LIBERTA», «A AUSTERIDADE LIBERTA»

À ENTRADA DE UMA FÁBRICA DE MATAR PESSOAS OS ALEMÃES ESCREVERAM: «O TRABALHO LIBERTA». DEPOIS AS CINZAS DOS HOMENS MULHERES E CRIANÇAS VIVOS QUE SERVIAM DE MATÉRIA PRIMA PARA FERTILIZANTES AGRÍCOLAS ERAM ESPALHADAS PELOS TERRENOS DE CULTURA.

ACTUALMENTE OS ALEMÃES ANDAM A MATAR PESSOAS À FOME E COM A PRIVAÇÃO DE CUIDADOS DE SAÚDE. A AUSTERIDADE, EFECTIVAMENTE, MATA. MAS PARA A ALEMÃ ÂNGELA MERKEL E PARA OS SEUS LACAIOS DO PPE  «A AUSTERIDADE LIBERTA».


Sem comentários:

Enviar um comentário